LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

PF começa a investigar crime de racismo contra nordestinos em rede social


Via blog do Zé Dirceu
Todo apoio e aplauso, necessários, justos e mais do que merecidos à decisão da Polícia Federal (PF) de abrir inquéritos, investigar, descobrir e punir usuários das redes sociais que ofenderam nordestinos com preconceito e discriminação após a eleição. Não há dúvidas: cometeram crime  de racismo – sem contar a defesa que fizeram do separatismo – e têm de ser punidos.
A PF decidiu  investigar, principalmente, os responsáveis por dois perfis de redes sociais que ofenderam nordestinos na semana passada. O pedido de apuração foi feito à PF pelo presidente da OAB nacional, Marcus Vinícius Furtado Coelho, com base na Lei de Racismo, que considera a discriminação por procedência nacional crime inafiançável.
As ofensas foram postadas após a vitória da reeleição da presidenta Dilma, quando poucas horas depois, dentre outros absurdos, uma série de tuítes e postagens do Facebook sugeriram a divisão do Brasil e a construção de um muro para separar o Nordeste e o Norte das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul.
A investigação começou esta semana e está sendo conduzida pela Direção-Geral da PF. O inquérito será dirigido pela unidade de repressão a crimes cibernéticos. Em seu pedido o presidente da OAB nacional cita principalmente o perfil de “Regina Zouki Pimenta” no Facebook.
Numa postagem, o perfil diz desejar que o vírus ebola chegue ao Brasil pelo Nordeste e “mate a todos”. O perfil diz, ainda:  “Bando de filhos da p*** que destruíram nosso país e a economia por migalhas! Desejo que sejam tomados pela desnutrição, que seus bebês nasçam acéfalos, que suas crianças tenham doenças que os médicos cubanos não consigam tratar, que o Ebola chegue ao Brasil pelo Nordeste e que mate a todos!”, afirma o post. Pouco depois de postada, a publicação foi tirada do ar.
Postar um comentário