LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Um herói grego


Por Valério Paiva



Para quem não sabe, entre os membros do Syriza está Manolis Glezos, com 92 anos, atualmente eurodeputado e herói nacional da Grécia por ter roubado em 1941 a bandeira da Alemanha Nazista hasteada na Acrópole de Atenas durante a invasão na II Guerra. Manolis Glezos foi torturado e condenado à morte, mas salvo pela resistência. 

Depois lutou na Guerra Civil contra a monarquia e foi condenado à morte novamente em 1948, mas pelo próprio governo grego. Por causa da sua popularidade e com medo de uma rebelião, o governo trocou o seu fuzilamento por prisão perpétua em 1950 e mesmo assim foi eleito deputado no ano seguinte. Foi libertado por pressão popular em 1954. 

Foi novamente preso em 1958 acusado de ser espião soviético e condenado novamente à prisão perpétua. Libertado em 1962, foi preso de novo no golpe militar de 1967, sendo livre apenas em 1971.

Durante a implantação das políticas de austeridade à mando da Troika, Manolis Glezos continuou indo nas manifestações, sendo agredido e preso aos 88 anos de idade. 

Hoje, Manolis Glezos, após 11 anos e 4 meses de prisão, 4 anos e seis meses de exílio, duas penas de morte, duas prisões perpétuas, uma invasão nazista, uma resistência contra a monarquia, uma guerra civil, uma ditadura militar e das políticas de austeridade impostas pela Troika, enfim faz parte de um governo junto com todo povo trabalhador grego.
Postar um comentário