LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

PT cria coragem e pergunta a Janot, Cardozo e à PF por que PSDB fica fora da “Lava Jato”

tempo


Encontrei no Blog do Liberato

O PT divulgou hoje três representações.
Ao Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, pedindo investigação “para apurar os crimes declarados pelo Sr. Pedro Barusco, tanto no âmbito da Petrobras, como da Transpetro, no período de 1997 a 2003, já que de 2003 em diante já existe investigação em curso”.
Ao Delegado chefe da Polícia Federal,  Leandro Daiello, para que este informe se a PF se interessa em apurar o que ocorreu na Petrobras antes de 2003, porque  Pedro Barusco não foi questionado sobre o esquema de pagamento de propinas anterior a 2003 e – seria cômico se não fosse trágico – se a PF mandou apurar os vazamentos seletivos da “Lava Jato” e se puniu os seus delegados por formarem um “comitê pró-Aécio” na internet.
E, finalmente, ao ocupante da cadeira do Ministério da Justiça, José Eduardo Cardozo, indagando o porquê da preservação do governo FHC nas investigações.
Em todos os documentos, o partido lista uma série de perguntas – tão obvias quanto necessárias – que deixaram de ser feitas ao delator.
Tudo muito bom, muito correto, muito republicano.
E tudo tardio, embora isso seja melhor que nunca.
A esta altura do campeonato, não é demais imaginar que as respostas pudessem ser assim:
A de Janot: “Porque não interessa”.
A do chefe da PF: “Não, mas punimos o Protógenes Queiroz”.
E a de Cardozo: “Ora, porque sou do PT!”
O fato é que vão conseguir uma notinha pequena nos jornais, quando muito.
E alguns ofícios de “sem mais, para o momento” das autoridades arguidas.
Quem sabe, um dia, se o partido chegar ao Governo, as coisas sejam diferentes…
Postar um comentário