LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Se a denúncia for verídica, expulsem esse traidor




Não foi apenas por birra que o Ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), pediu vistas e engavetou a votação da ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) sobre financiamento privado de campanha - depois do STF, por maioria absoluta, ter votado a favor da proibição.

Gilmar age articulado com o deputado federal petista Cândido Vacarezza. Este tem um projeto de emenda constitucional incluindo o financiamento privado na Constituição. Se aprovado a ADIN seria automaticamente prejudicada.

Derrotado nas últimas eleições, a última atitude de Vacarezza foi pedir votos para o deputado Eduardo Cunha, em sua campanha para a presidência da Câmara.


Nota do blog - Caso a revelação de Nassif seja verídica, o Partido dos Trabalhadores deve dar a Vacarezza o mesmo tratamento dado ao ex-deputado André Vargas, aquele que tinha um estreito relacionamento com o bandidão Alberto Youssef e foi posto pra fora da legenda.

No caso de Vacarezza, além da sorrateira e indecorosa proposta feita na contramão daquilo que o PT historicamente defende, há, ainda, a alta traição ao partido e a um companheiro que disputava um cargo estratégico na luta política contra o golpismo oposicionista. Ao trair, Cândido contribuiu enormemente com a indecência oposicionista de provocar a ruptura democrática no país, portanto, esse verme deve ser expulso do partido imediatamente por ser indigno de dele fazer parte.
Postar um comentário