LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

terça-feira, 21 de abril de 2015

Sumiu testemunha que Moro soltou

001 mORO SOLTA TESTEMUNHA

Jayme Alves de Oliveira Filho disse que entregou propina ao senador tucano.


Polícia Federal precisa tomar novo depoimento para confirmar acusações.

A Polícia Federal (PF) informou nesta segunda-feira (20) ao relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Teori Zavascki, que não conseguiu avançar na investigação do suposto envolvimento do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) no esquema de corrupção porque teve dificuldades de localizar a única testemunha que mencionou o nome do ex-governador mineiro, o policial federal afastado Jayme Alves de Oliveira Filho, o "Careca".

Um dos réus da Operação Lava Jato, Careca chegou a ser preso, mas o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela ação penal na primeira instância, autorizou que ele respondesse ao processo em liberdade.

Postar um comentário