LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Assine a petição: em apoio aos Cubanos do “Mais Médicos”; contra a iniciativa tucana que quer proibi-los no programa



Assine o abaixo-assinado aqui.

Nota do Solidários: como ainda não foi aprovado não trata-se de decreto, mas sim de projeto de decreto.

Por Amanda Cotrim

Como disse José Martí, herói nacional em Cuba: “La guerra que se nos hace es a pensamiento. Ganémosla a pensamiento". É na batalha contra o ódio e a favor da igualdade que nos posicionamos frente ao decreto dos Senadores Aloysio Nunes (PSDB-SP) e Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) que quer proibir cubanos no programa Mais Médicos. 

O Programa faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, que prevê mais investimentos em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde há escassez e ausência de profissionais.

O projeto do tucano Aloysio Nunes do PSDB de São Paulo tramita no Senado e prevê a invalidação do termo de cooperação firmado pelo governo brasileiro com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). Ver mais:http://zip.net/bdq5QT.

Nos posicionamos em favor do programa de saúde que atende milhões de brasileiros. O Mais Médicos conta atualmente com 11,4 mil médicos em atividades em mais de 3.500 municípios. A iniciativa dos senadores tucanos foi classificada pelo Ministro da Saúde do Brasil, Arthur Chioro, como um “verdadeiro atentado, podendo deixar 63 milhões de brasileiros sem assistência básica em todo o país”.


A maioria do povo brasileiro aprova o programa Mais Médicos. Segundo uma pesquisa, realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em parceria com o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), que entrevistou 4 mil pessoas em 200 municípios que contam com os médicos do programa, entre junho e julho de 2014, 96% afirmaram que os profissionais do Mais Médicos são competentes e 90% aprovaram o tratamento durante o atendimento. Ver mais: http://zip.net/bspwmR.

Viemos a publico questionar o PSDB: O que vai acontecer nas cidades e comunidades onde hoje trabalham os médicos cubanos se eles forem embora?

Aécio Neves, durante a campanha presidencial, afirmou que não ia acabar com o programa. Mas por que, então, uma liderança de seu partido apresenta uma proposta de decreto contra o Mais Médicos?

Toda a nossa solidariedade aos médicos cubanos, que desde que chegaram ao Brasil tiveram que atravessar o preconceito, provando que são necessários.


Toda a nossa solidariedade a Cuba, com os projetos de integração latino-americana, com a humanidade. Toda a nossa solidariedade ao povo brasileiro que necessita dos médicos cubanos para terem acesso a um serviço de saúde digno.

Assine Aqui para que o Senado derrube o decreto que proíbe Cubanos no programa Mais Médicos.

Com apoio da Associação José Martí da cidade de Santos/SP.
Postar um comentário