LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

domingo, 31 de maio de 2015

Caso FBI-FIFA: Rede Globo quer demitir Marcelo Campos Pinto. Executivo ameaça contar o que sabe

campos, sanches e teixeira



A investigação do FBI americano [1] sobre pagamento de propinas nos negócios envolvendo compra de direito televisivos dos principais torneios de futebol do Planeta gerou uma crise interna na Rede Globo que estourou, ontem, em reunião de diretores da emissora com o executivo Marcelo Campos Pinto.

O clima foi tenso.

Responsável pela ligação da Globo com o mundo da cartolagem (CBF, Federações e clubes), Pinto foi pressionado a pedir demissão, mas o dirigente retrucou, ameaçando “botar a boca no trombone”.

É grande o temor que os detidos, em delação premiada, possam, de alguma maneira, comprometer a emissora. [2]

Demitir Campos Pinto seria a maneira de expor publicamente que a Globo teria sido vítima de negócios realizados pelo executivo à margem do conhecimento dos diretores.

Mas como explicar a origem dos pagamentos mensais (que, evidentemente, não saíram dos bolsos do funcionário), milionários, aos dirigentes ?

Se para o público a solução imaginada é colocar a culpa no “bode expiatório”, internamente, o executivo, já com poderes diminuídos, é acusado de jogar para os dois lados, por vezes, em benefício maior da cartolagem.

A maior rede de televisão do pais vive um drama que nem mesmo seus melhores roteiristas de novelas poderiam imaginar.

*****

Notas Claudicantes:

[1] É uma grande vergonha, para a PF e a Justiça brasileira, a intromissão do FBI nas entranhas dos escândalos envolvendo o futebol brasileiro e a Globo, mas, a PF do Zé, o MPF e os Juízes federais, só tem olhos para o PT, com medo, entre outras coisas, da volta de Lula em 2018.

[2] Tenho cá para mim que o FBI não tem interesse em manchar a imagem da Globo, afinal é uma poderosa empresa a serviço dos EUA e do capitalismo em nossas terras. Posso estar errado, pois, passei a acreditar, no finalzinho das eleições para presidente, que o segundo governo Dilma seria mais a esquerda... Um bobo!
Postar um comentário