LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Cardozo e a fuga das tartarugas ou Danilo Gentili na Justiça….

turtle


Por Fernando Brito, em seu blog

O Ministro José Eduardo Cardozo, que surge hoje nos jornais às voltas com a violação de seu próprio computador no Ministério da Justiça – pausa para os risos… – certamente não é um homem distraído como o  primo Rosamundo, criação do genial Stanislaw Ponte Preta que, posto a tomar conta de duas tartarugas, deixou uma fugir.

Mas é, certamente, candidato a ser inscrito no Guiness como o Ministro mais lento da República.

Estes dias, depois de duas semanas em que sua única manifestação sobre a bomba no Instituto Lula foi a de dizer que “não está descartada a possibilidade de motivação política”, mandou a Polícia Federal investigar o ato terrorista.

Imaginem o ânimo das equipes que a nossa garbosa  corporação federal, ocupada em vazar ilegalmente os dados bancários do Instituto para a Veja, atacando, 15 dias depois, as “provas” do episódio.

Agora, The Flash resolveu mandar que os guapos policiais federais investiguem esta violação da lei, praticada a partir de solicitação dos procuradores do Paraná, que aliás, não tinham nenhum indício concreto para pedir informações sobre as atividades privadas do ex-presidente.

A revista foi às bancas no sábado mas, sabe como é, não devia haver ninguém de plantão no final de semana na PF, o pessoal deve ter sido liberado para se juntar às manifestações de protesto, postar no facebook ou, quem sabe, commemorar a decisão dos amigos do Ministério Público de denunciar o delegado e o agente federal que disseram ter sido mandados plantar escutas clandestinas na cela de Alberto Yousseff.

Fica, então, a sugestão para o Ministro Rosamundo, digo, Cardozo, para resolver o problema.

Coloque o Danilo Gentili à frente das investigações.

Afinal, ele já sabia, desde o primeiro dia, que foi Lula quem colocou a bomba em seu escritório e quem, certamente, vazou dados bancários falsos para a Veja, porque ficou de olho numa indenização tão gorda quanto a que Romário está cobrando da Veja pela patranha dos extratos falsos.

Já que o Ministério da Justiça é uma piada de mau-gosto, Gentili caberia como uma luva!
Postar um comentário