LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Dentro do capitalismo não há saída: Uma pergunta ao PSB, a Marina, a Geraldo Júlio, a Paulo Câmara e a todos aqueles que amam Eduardo Campos: Quando serão indenizadas as famílias vítimas do jatinho que matou Eduardo e os outros tripulantes?


Jato

“Ao completar-se, na próxima quinta-feira, um ano da morte de Eduardo Campos, faz um ano que as famílias cujas casas foram atingidas pelo jato esperam as devidas atenções e, sobre todas, a mais necessária delas: a indenização para remediar as perdas do que não lhes chegou de graça. A juíza do caso, Natália Monti de Santos [1] , disse que a "obscuridade" em torno do proprietário do jato "torna praticamente inviável a reparação" – Janio de Freitas, jornalista –Folha de S. Paulo, 11-08-2015.

Acobertamento

“Ou a identificação (do jato que caiu com Eduardo Campos) foi deixada de lado por pressões injustificáveis, ou está feita e silenciada sob pressão. Há acobertamento” – Janio de Freitas, jornalista – Folha de S. Paulo, 11-08-2015.

+++++

[1] A juíza demonstra uma insensibilidade social que assusta, no mínimo. O jato estava a serviço do PSB, se o dono não é inidentificável, que o PSB assuma o ônus das indenizações. Mas não é assim que funciona no capitalismo. Na dúvida, fodam-se as vítimas. 

Votei duas vezes em Eduardo Campos, uma contra Mendonça Filho outra contra Jarbas Vasconcelos. Votei sempre contra, nunca a favor de Eduardo.

Nunca votei em Paulo Câmara ou em Geraldo Júlio. Tenho pelos mesmos ojeriza política. 

Triste Recife, Triste Pernambuco.
Postar um comentário