LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

domingo, 9 de agosto de 2015

No Brasil, vovô Contreras iria ao shopping. Vovô Contreras e os netinhos encontrariam Vovô Ustra no shopping

Contreras e Pinochet sentaram praça na Operaçao Condor do Geisel


O general Manuel Contreras morreu aos 86 anos encarcerado num hospital militar em Santiago do Chile.

A noticia levou dezenas de chilenos à porta do hospital para celebrar o desenlace com cantos e o espocar de champanhe.

Há vinte anos a Justiça do Chile o obrigava a  cumprir pena de 526 anos de encarceramento, por sessenta condenações.

Contreras dirigiu a DINA, agencia secreta de Pinochet que, entre outras contribuições à Civilização Ocidental inaugural o neolibelismo, com os famosos Chicago Boys.

Contreras despachava diretamente com Pinochet e ao longo de dezessete anos de regime militar matou 3.200 pessoas e prendeu e torturou 38 mil.

Ele participou ativamente da “Operaçao Condor”, que o presidente Geisel – o “Sacerdote”, do historialista Elio Gaspari – fundou.

Assim como Fujimori, que lamenta não ter nascido no Brasil e usufruir dos privilégios doPríncipe da Privataria, Contreras deve ter lamentado não ter nascido no Brasil.

Hoje, 9/8, Dia dos Pais, ele estaria preparado para ir ao shopping com os queridos netinhos !

E lá encontraria, todo lampeiro, o Coronel Ustra, esse guardião da Casa Grande !

É porque o Supremo Tribunal Federal anistiou a Lei da Anistia, que envergonha o Brasil !

Paulo Henrique Amorim


Em tempo: ver na entrevista do professor Fábio Konder Comparato que, no Brasil, o Supremo pode fazer o que bem entender. Até não ir trabalhar ! E absolver o Ustra !
Postar um comentário