LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

sábado, 12 de dezembro de 2015

Gilmar já sinaliza que vai adiar discussão sobre impeachment no STF



O vice-presidente Michel Temer tem um encontro marcado com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, nesta sexta (11), segundo informações do Estadão. De acordo com o jornal, Gilmar, "próximo ao PSDB" - partido que anunciou apoio ao impeachment de Dilma Rousseff (PT) - já deu sinais de que pretende pedir vistas da ação que questiona o rito de afastamento da presidente, que será levada ao plenário do STF na próxima quarta (16/12).
O Estadão escreveu que "auxiliares do Planalto" entenderam o recado de Gilmar como o "pior dos mundos". O governo tem interesse em fazer o processo de impeachment tramitar o mais rápido possível, enquanto a oposição quer um intervalo para provocar movimentos de rua e criar um clima pró-deposição na sociedade e na imprensa.
Gilmar, que é mestre em pedidos de vistas sem prazos para devolução, pode então comprometer os interesses do Planalto e empurrar para 2016 a discussão sobre qual norma deve prevalecer na tramitação do impeachment no Congresso: a lei 1079, de 1950, que diz que Dilma será afastada imediatamente após decisão da Câmara. Ou se a Constituição de 1988, que transfere para o Senado a decisão final sobre o destino da presidente.
Temer vai se encontrar Mendes em São Paulo, em "inauguração de uma filial de um instituto do qual o ministro é sócio".
Postar um comentário