LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Paulo Câmara dá nota próximo a zero ao Governo Dilma. E sua avaliação, Paulo?



Por José Luiz Gomes, em seu blog

O governador Paulo Câmara esteve no dia de hoje, 28 de fevereiro, no Sertão de Serra Talhada, inaugurando obras, acompanhado de aliados e correligionários. Descerrou placas, fez discursos e concedeu uma entrevista a uma rádio local, num programa denominado de Bate Pronto. Neste programa, como o próprio nome sugere, foi solicitado do governador que desse uma nota a determinadas personalidades do mundo político e avaliasse alguns governos. Num dado momento, os seus entrevistadores perguntaram qual a nota que ele daria ao Governo da Presidente Dilma Rousseff. O vídeo, publicado no Blog de Jamildo, é pouco audível, mas, como perceberam que a nota estava muito baixa - consequentemente reprovando o governo da presidente Dilma - seus entrevistadores insistiram - e ele acabou afirmando que a nota ficaria próximo a zero. 

Quando questionado sobre o seu Governo, Paulo Câmara resolveu sair pela tangente, informando que o governo precisa melhorar, não declinando a nota. Praticamente, também não emitiu notas sobre as personalidades do mundo político pernambucano, o que se entende, em razão das reviravoltas da política, onde o inimigo de hoje pode ser o amigo de amanhã. A nota atribuída ao Governo Dilma, em última análise, lida num determinado contexto político, pode significar que, de fato, o PSB deve mesmo seguir os tucanos daqui para frente, numa urdidura com o propósito de apear o PT do poder. Há um deputado federal peemedebista pernambucano que se derrama em elogios ao governador. É um ferrenho opositor do PT. 

Paulo, eu não vou te dar uma nota, mas creio que não podemos falar de um governo bem-sucedido aqui na província. Todos estamos enfrentando uma grave crise na economia e um quadro bastante nebuloso na política. Isso vale para todos os entes federados. Aqui mesmo no Estado, segundo informações, mais de 80% dos municípios estão encrencados com a Lei de Responsabilidade Fiscal. Já disse outro dia que, se o TCE decretar intervenção nesses municípios, mantida a tendência de nomear coronéis, os quadros da PM serão sensivelmente desfalcados. 

É preciso muita responsabilidade pública nesta hora, Paulo. Ainda ontem, causou consternação a reunião de mães com filhos que nasceram com a microcefalia. Uma cena chocante. Acompanhando uma de nossas postagens nas redes sociais, um internauta assinalou - é preciso checar essa informação - que o Estado já estaria liderando os casos de morte pela chikungunya. Perdemos duas personalidades do campo cultural, segundo se especula, por complicações da doença: o artesão Manuel Eudócio e o Luiz do Buraco da Gia. Vamos agendar sua avaliação para os próximos dias. De antemão, já recomendaria a Vossa Excelência a leitura da carta de despedida da legenda socialista, escrita pela vereadora Marília Arraes. Vai cair na prova. 
Postar um comentário