LULA PRESO POLÍTICO

LULA PRESO POLÍTICO

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Novo 13 de maio: finalmente os homens bons se vingam



A vingança há de ser nossa, posto que é um prato frio, e há 128 anos depois damos o troco naqueles que insistiram em defender a gentalha desqualificada. Quis o destino que nossa revanche vitoriosa fosse vencedora na mesma data para que fôssemos a desforra com os que se intrometem em nosso caminho, como em 88, alijando-nos de nosso direitos inalienáveis sobre as classes inferiores, nossos serviçais por desígnio divino. Basta de importar empregadas de Filipinas, se aqui mesmo nessa pindorama podemos ter uma imensa reserva de mão de obra que nos sirva. A ordem estamental será restaurada e paz social reinará novamente entre nós.


Apeada a búlgara usurpadora e preso o mefisto de nove dedos, a sociedade brasileira poderá respirar novamente o ar da liberdade perfumado pelas mãos dos patriotas como Moro, Janot e Gilmar, que juntamente com os filhos do Dr. Roberto não pouparam esforços para ver a nação salva do bolchevismo petista, colocando na cadeia todo aqueles que liderassem a patuleia, e por fim proibindo seu partido como organização criminosa. Proveitosas foram as viagens aos Estados Unidos, onde todo apoio e orientação receberam para tão importante missão.


Basta de usurpação, a tradição deverá ser restaurada. Ao filho do pobre seus direitos, mas também seus deveres, nada de se intrometerem nas faculdades onde estudam os filhos dos homens bons quando na verdade devem seguir as profissões dos pais. Esse ultraje acabará. A usurpação de Dilma representava o ápice da usurpação dos desqualificados e precisava ser barrado de qualquer forma, não podíamos mais conviver com aquilo, uma higienização social era preciso e em boa hora brilhou entre nós, trazida pela tela global da Emissora da Revoluções (1964,2016).


Sigamos adiante com a Lava-Jato, até que a sociedade seja lavada da sujeira do socialismo moreno, voltando aos alvos homens de bem as rédeas do país. Festejaremos a nossa libertação proclamada pelo Príncipe de Curitiba.

P.S.: Lula, continue confiando na justiça dos homens bons (Janot, Moro e Gilmar agradecem), e permaneça esperando passivamente ser preso nos próximos dias, obrigado.